Notícias


18/10/2019 23:54

Piauí, terra querida – parabéns pelo seu dia

Uma terra de muitas histórias, de muito calor, de belezas ímpares e lugares interessantes. Neste sábado (19) o Piauí, comemora mais um ano, chegando aos seus 197 de anos de independência. Georgiano Neto conhece bem o estado e anda por todos municípios, que já o fizeram entrar para as estatísticas como o deputado estadual mais votado da história do Piauí.

Para esclarecer esta comemoração do dia 19 de outubro, o destaque fica por ser uma das quatro datas que marcaram o Piauí como independente. Neste dia, em 1822, em Parnaíba, houve a declaração de independência de Portugal, mas este foi só o início do movimento libertário, que que teve fim após a Batalha do Jenipapo, que causou diversas mortes e em Campo Maior. O dia 13 de março, marcou o estado como um dos últimos a se libertarem de Portugal. Esta data, inclusive, está presente na bandeira do Piauí.

As riquezas são inúmeras, se começarmos pela região litorânea, embora tenhamos o menor litoral, mas um dos mais belos do país, onde encontramos o maior cajueiro do mundo, o único delta a céu aberto das Américas e praias magníficas. Vale ressaltar que o único estado do nordeste que não tem capital litorânea, pois a colonização se deu do interior para o litoral, diferente dos demais. 

A capital Teresina tem a única ponte estaiada, com um mirante no topo, de onde é possível ter uma vista privilegiada da cidade. Abraçada por dois rios, a cidade também possui o encontro entre os rios Parnaíba e Poti, onde há um complexo que conta a história do bairro Poti Velho, de onde se originou Teresina.

Oeiras foi a primeira capital e por diversas questões, principalmente logística, foi transferida para Teresina. Continuando na região norte, Piracuruca tem o Parque Nacional de Sete Cidades, onde diversas formações rochosas formam verdadeiras cidades com monumentos e muita história. Dentre as principais rochas, há a que tem o formato da cabeça de Dom Pedro, a pedra da tartaruga, que é imensa e se assemelha a uma, dentre vários outros locais interessantes no parque.

Em Pedro II, além de ser considerada a suíça do Piauí, pelo frio de alguns meses do ano, o Morro do Gritador, há também jazidas de opala, pedra preciosa que é bastante escassa no mundo, tendo outros registros somente na Austrália. Indo um pouco mais ao sudeste, Picos é o município com maiores produtores de mel do país.

Chegando na região sul, Cristino Castro tem um dos fenômenos naturais que diferem de boa parte do que predomina no Piauí, que são os Poços Jorrantes. Eles espirram água em alturas que podem chegar a 60 metros. Ainda mais ao sul, São Raimundo Nonato é conhecida por ser o berço do homem americano e no Parque Nacional Serra da Capivara, encontramos monumentos históricos, pinturas rupestres datadas de mais de 12 mil anos. Lá também há o Museu do Homem Americano, contendo tecnologias que aproximam os visitantes ao que foi aquela região no período pré-histórico. O recém-inaugurado Museu da Natureza é outro local, no mesmo município, que faz com que os interessados tenham vivências fantásticas sobre a natureza do local. 

Estas foram só algumas das riquezas e histórias sobre o Piauí, que possui 224 municípios e em cada um tem muita beleza, história e lugares encantadores para serem conhecidos. Além disso, um povo acolhedor e de boa receptividade. Terra da cajuína, do bumba meu boi, da melhor carne de sol e muitas outras coisas que só aqui se encontra.



FALE CONOSCO